A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Xarope de guaco caseiro – Como fazer

Guaco é uma planta muito usada no Brasil que age no organismo combatendo doenças respiratórias como bronquite, asma, gripes, resfriados, etc. Quando se está tomando algum fitoterápico feito com o Guaco para combater estas doenças, é bom a pessoa aumentar a quantidade de água que bebe durante o dia, pois para tratar de doenças respiratórias é bom que nosso corpo esteja hidratado, pois quanto mais seca a respiração, mais grave pode ficar a situação. Quando se fala em hidratar o organismo não é só beber água, mas tomar sucos, sopas, chás, etc.

A planta Guaco é composta de Óleos essenciais, Saponinas, Taninos, Resina, Guasina (que deixa seu gosto amargo) e Cumarina.

Um estudo feitos com ratos usando extrato das partes aéreas da planta sugeriu que esta planta é segura para ser usada e não foi desenvolvida sintomas tóxicos.

As folhas, por causa do seu cheiro, é usado em comunidades ribeirinhas para espantar cobras, e há relatos científicos que ela pode ser um antídoto para picadas de cobras, porém em outros estudos foi concluído que não teve efeito algum para desintoxicação por veneno de cobra. É necessário mais estudos.

Em outros estudos feitos em ratos foi feita uma introdução de uma solução contendo pó de carvão pela traqueia do rato até o pulmão e foi testado extrato da planta e chegou a uma conclusão que Mikania glomerata e Mikania laevigata diminuíram o número de células ruins do pulmão. Os extratos dessa planta apresentaram um efeito protetor nos brônquios (dos ratos) e diminuíram a inflamação nos brônquios desenvolvida pelo carvão.

A que é usada em humanos é a Mikania glomerata Spreng.

Xarope de Guaco

Xarope de Guaco – Foto: “Fitoterapia – conceitos clínicos” 2008 (livro com cd-rom) – Degmar ferro – Editora Atheneu, São Paulo.

Como fazer xarope de guaco

  • 2 colheres de açúcar
  • 3 copos de água
  • 10 folhas de Guaco lavadas e secas.
  • 1 xícara de mel
  1. Fazer açúcar queimado (mel de açúcar). Juntar a açúcar na panela, colocar um pouco d’água e mexer com fogo ligado baixo. Ficar mexendo até se transformar em mel. Continuar mexendo no fogo até ele ficar mudando de cor.
  2. Jogar a água por cima (3 copos).
  3. Deixar ferver e jogar as folhas de Guaco por cima.
  4. Tampar e deixar ferver.
  5. Desligue quando ele tiver em consistência de mel e coe.
  6. Quando estiver quase frio, coloque o mel e mexa bem.
  7. Guarde em uma garrafa de vidro fechada e escura.

Tome toda a noite ao deitar. Basta 2 colheres.
Cuidado, se tomar demais pode dar Vômito e Diarreia. Em algumas pessoas, até se tomar a quantidade normal dá efeito colateral.
Não tomar em caso de gravidez, não dar a crianças menores de 2 anos e a diabéticos.

Bula do Guaco

Bula do Guaco

PUBmed

Mais informações sobre o Guaco – Prefeitura de Londrina – PR

Os dados deste artigo serve apenas como informação, não podendo ser base de diagnóstico.

Sobre 

Adoro escrever sobre as plantas e a natureza. Sou estudante de Ciências Biológicas.

    Me encontre em:
  • facebook
  • googleplus
  • linkedin
  • twitter

Comentários no Facebook

comments

Fale o que pensa!